Make your own free website on Tripod.com

O CUBISMO

 

 

O Cubismo originou-se na obra de Cézanne, para ele a pintura deveria tratar as formas da natureza como se fossem cones, esferas e cilindros. Os cubistas foram mais longe, passaram a representar os objetos com todas as suas partes num mesmo plano. É como se eles estivessem abertos e apresentassem todos os seus lados no plano frontal. Na verdade, essa atitude de decompor os objetos não tinha nenhum  compromisso de fidelidade com a aparência real das coisas. Com o tempo , o Cubismo evoluiu em duas grandes tendências chamadas Cubismo analítico e Cubismo sintético.

      

O Cubismo analítico foi desenvolvido por Picasso e Braque entre 1908 e1911.Trabalharam com poucas cores: preto, cinza e alguns tons de marrom e ocre. O mais importante para eles era definir um tema e apresentá-lo de todos os lados simultaneamente, essa tendência chegou a uma fragmentação tão grande dos seres, que tornou impossível o reconhecimento de qualquer figura.

O Cubismo Sintético procurou tornar as figuras novamente reconhecíveis. Isso não significou o retorno a um tratamento realista do tem, foi mantido o modo característico de o Cubismo apresentar simultaneamente as várias dimensões de um objeto, como por exemplo" Mulher com Violão", de Braque. O Cubismo sintético foi chamado também de colagem porque introduziu letras, palavras, números, pedaços de madeira, vidro, metal e até objetos inteiros nas pinturas.

 

                            

    A Pintura de Picasso e Braque, os iniciadores do Cubismo        

Pablo Picasso (1881-1973), tendo vivido 92 anos, passou por diversas fases. Entretanto são mais nítidas a fase azul (1901-1901), que representa a tristeza e a melancolia dos mais pobres, e a fase rosa (1905-1907), em que pinta acrobatas e arlequins. Em 1907. com a obra "Les demoiselles d´Avignon", começã a elaborar a estética cubista, que se fundamenta na destruição da harmonia clássica das figuras e na decomposição da realidade. Aos poucos o artista começa a voltar sua atenção para o homem europeu envolvido pelos conflitos que desembocarão nas guerras da década seguinte. Em 1937 pinta o seu mais famoso mural em que representa o bombardeio da cidade espanhola de Guernica, responsavel pela morte de grande parte da população civil formada por crianças, mulheres e trabalhadores.

 

Georges Braque (1882-1963) também renovou a arte do século XX ao considerar a pintura como uma obra diferente de uma descrição objetiva da realidade.. Depois de 1908, quando pintou "Casas do Estaque",Braque passa pela fase do Cubismo analítico, de que é exemplo sua obra "O Português". Entre 1913 e 1917, já sob o cubismo sintético, Braque começa a representar os objetos destacando-lhes as partes mais significativas, exemplo "A Mesa do Músico"

 

Léger- Os princípios cubistas e o otimismo

Do ponto de vista puramente pictórico, as obras de Fernand Léger (1881-1955) apresentam um desenho sintético e geométrizado.    Elementos Mecânicos - Léger 

Sua pintura é imponente, ele considera a máquina e o trabalho dos homens na produção industrial como a form,a de construção de um mundo novo como podemos ver em "Elementos Mecânicos e O Tipógrafo".

voltar