Make your own free website on Tripod.com

O NEOCLASSICISMO

 

Nas duas últimas décadas do século XVIII e nas três primeiras do século XIX, uma nova tendência estética predominou. Trata-se do Academismo ou Neoclassicismo.

Neoclassicismo porque retomou os princípios da arte da antiguidade greco-romana. A outra denominação -  

Academismo - deveu-se ao fato de que as concepções artísticas do mundo greco-romano tornaram-se os conceitos básicos para o ensino das artes academias mantidas pelos governos europeus.

A arquitetura neoclássica 

Tanto nas construções civis quanto na religiosas, a arquitetura neoclássica seguiu o modelo dos templos greco-romanos ou o das edificações do Renascimento italiano. A Igreja de santa Genoveva foi projetada por Jacques Germain Souflot (1713-1780), que pode ser considerado um dos primeiros arquitetos neoclássicos. A Porta de Brandemburgo, em Berlim, é uma obra do arquiteto Karl Gotthard langhans (1732-1808) 

 

A pintura Neoclássica

O maior representante da pintura é sem dúvida, Jaques Louis David (1748-1825). ele nasceu em Paris e foi considerado o pintor da Revolução Francesa: mais tarde, tornou-se pintor oficial do Império de Napoleão.

 

Já no século XIX, Jean auguste Dominique Ingres (1780-1867) conservava uma acentuada influência neoclássica. sua obra abrange, além de composições mitológicas  e literárias, nus, retratos e paisagens. Exemplo é o Retrato de Louis Francois Bertin. Por outro lado, Ingres revela um inegável apuro técnico na pintura do nu. Sua célebre tela Banhista de Valpinçon, fica evidente o domínio dos tons claros e translúcidos para a representação da pele e o domínio do desenho.

voltar